segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

*ESPECIALIZAÇÃO EDUCAÇÃO NA CULTURA DIGITAL 
GRUPO: 
EEB CORONEL LARA RIBAS CHAPECÓ-SC*
 * Jussani Derussi * * Leonora Machado* * 
-------------------------------------------------------------------------------------------------
         Participar da especialização  Educação na Cultura Digital, é um grande desafio, principalmente em  no manuseio e utilização das tecnologias em sala de aula.
            O mundo evoluio  as civilizações se modificaram e as as sivilizações criaram novas forma de se viver, refletir e construir os espaço em que vivem. Para que isso surgiu novas culturas e entre elas os artefatos digital que vem seguidos de habitos e formar de se conduzir e dinamizar a utilização dessa forma de comunicação e interação.
          Para que os profissionais da educação melhorem a interação com seus alunos no uso adequado e orientação de explorar estas ferramentas torna-se fundamental participar dessa formação.
Exemplo disso esta exposto nessa obra videográfica em anexo link.
https://www.facebook.com/avidaenossasescolhas/?fref=ts 
 

Esta atividade faz parte do Módulo PLAC 03.
Educação na Cultura Digital -UFSC -2016.





segunda-feira, 30 de março de 2015

Socialização de Experências



Prevenção ao uso de Drogas e Sexualidade na Adolescência

Atividade: Especialização na Cultura Digital



A Escola Estadual Coronel Lara Ribas, trabalha com os jovens a grande temática social, drogas e sexualidade na adolescência e juventude.
No cotidiano, acredita-se que estes temas por serem antigos e já teve amplo debate são temas superados. Porém, na pesquisa realizada na escola e comunidade escolar sondagem prévia do conhecimento dos alunos sobre o tema, percebe-se que necessita retomar e ampliar os debates com os jovens, para que haja compreensão e educação preventiva sobre causas, uso ilegal das drogas em diferentes situações que elas são consumidas e encontradas na sociedade.
 Sabe-se que existem dois grandes grupos de drogas, licitas e ilícitas. Drogas consideradas licitas, são as substâncias capazes de produzir alterações nas sensações físicas, psíquicas e emocionais dando a cessação de bem estar que são elas: energéticos, café, refrigerantes, chocolates, dentre muitos outros alimentos, contêm substâncias que podem ser consideradas drogas pois alteram de alguma maneira as sensações de quem as ingere. Estas, porém, se ingeridas em quantidade moderada não representam nenhuma ameaça para o ser humano. Se, no entanto, são demasiadamente utilizadas por alguém, podem causar uma leve dependência e problemas de saúde futuro. Também entre as drogas lícitas estão os medicamentos em geral os quais só são permitidos sob prescrição médica.
Já as drogas ilícitas são as cuja comercialização é proibida pela justiça, estas também são conhecidas como “drogas pesadas” e causam forte dependência. Que são elas:  álcool,  cigarro,  maconha,  cocaína, ecstasy,  crack, e a heroína, etc.
 Com base nesses dados, a proposta de trabalho visa, atender as necessidades dos discentes  que frequentam esta unidade escolar, estabelecendo um vínculo de confiança alertando o adolescente preservando a saúde e valorizando a vida  como o bem maior do ser humano.
Para esse proposito, a escola promoveu amplo debate entre adolescentes, com base em observação no cotidiano, pesquisa e analise da influência midiática sobre o tema, em seguida, produção de cartazes, folders e palestras aos pais.
Também contamos com parcerias entre os órgãos socais, para que possamos favorecer melhoria nos debates e reflexão  em sala de aula e  chagar a resultados positivos.
            Nas parcerias contamos com os diferentes profissionais, (Psicólogo, Policia Militar Secretaria Municipal de Saúde) para palestrar sobre princípios e valores como a disciplina e responsabilidade social, prevenção contra o uso, o tráfico de drogas e  orientações  de educação sexual para alunos, pais e professores.       
             Com base nessas ações, surge a autoria de uma apresentação de peça teatral, composição de poemas e musicas.
Atrelado ao tema, surge um  desafio maior em  trabalhar a prevenção de doenças e orientação sexual, visando reduzir a vulnerabilidade de adolescentes e jovens quanto ao uso das drogas, juntamente com doenças sexualmente transmissíveis, infecção pelo HIV, a gravidez não planejada entre outros.

 Nesse contexto, as tecnologias são aliadas e devem ganhar relevo cada vez mais expressivo nas ações de ensino e nas ações já mencionado acima No decorrer da realização deste projeto, almeja-se que os envolvidos possam melhorar sua autoestima superando insegurança, insatisfação se entendendo melhor as mudanças corporais que acontece nessa fase de vida, encontrando sentido nas coisas que o cercam se mantendo longe das drogas e violências sexuais.
Por últimos, iremos promover a oportunidade de os alunos produzirem vídeos curta metragem alusiva aos temas, urgindo o vídeo já anexado ao texto, com campanhas preventivas em alertar e orientar toda a comunidade escolar sobre os efeitos e consequências maléficas causadas pelo uso de drogas e violência sexual x doenças sexuais assim como aleta o aluno Anthony. Assim que iremos desenvolvendo as atividades  mencionadas postaremos  nas  ferramentas  disponíveis  da UFSC.
video

quarta-feira, 25 de março de 2015

UCA - Uma Alternativa Pedagógica – Hipertexto

Adicionar legenda

       Sinopse



   Este estudo abordado no documento vídeografico pretende destacar a importância do Programa UCA - Uma Alternativa Pedagógica – Hipertexto, permeando o trabalho com atividades interdependentes. Nesta pesquisa foram utilizados os temas, o hipertexto como elemento construído, para auxiliar no ensino aprendizagem através das novas tecnologias e das mídias. O estudo teve como objetivo geral, avaliar qual a importância do programa UCA (um computador por aluno) na aprendizagem dos alunos da 8ª série da EEF Profesora Sônia de Oliveira Zani, quanto ao uso da internet e construção de hipertextos em sala de aula. Os objetivos específicos foram: 1º)Investigar de que forma o professores vêm usando a internet em sala de aula na construção do hipertexto. 2ª) Verificar qual o melhor método na utilização do hipertexto com alunos do ensino fundamental. 3º)Identificar os benefícios que a mobilidade do uso do equipamento (UCA) oferece em sala de aula na mediação pedagógica. 4º)Verificar em que disciplina é trabalhada a metodologia hipertexto com o uso da internet no programa UCA. 5º)Observar nos planejamentos dos professores em que momento as mídias são utilizadas como ferramenta pedagógica. Para o desenvolvimento da atividade, destaca-se a pesquisa bibliográfica sobre a temática escolhida, bem como a realização de uma intervenção - pesquisa de campo - através de um questionário aplicado aos pais, aos docentes e aos alunos da Escola Fundamental profª Sônia de Oliveira Zani. O resultado das intervenções proporcionou-nos a compreensão da prática educativa, permeada por intencionalidade educativa que pode partir de acontecimentos inesperados, como a utilização das mídias através de novas tecnologias. A pesquisa abordou a importância da preparação do docente para trabalhar com os alunos através do Programa UCA, na busca por conhecimentos quantitativos e qualitativos para os alunos durante o processo da aprendizagem.
Com a pesquisa aqui realizada, conclui-se que o programa UCA, veio inserir os usuários no cenário contemporâneo digital. Tal propósito está seguindo seu curso em proporcionar aos estudantes, familiares e docentes um vasto leque de oportunidades e vivências, aproximando o currículo ao cotidiano dos sujeitos envolvidos no processo de ensino aprendizagem com as mídias.
O computador em sala de aula incentiva o mediador a inovar a metodologia de trabalho, leva os discentes a viajar no mundo da imaginação e criatividade, principalmente em visitar diferentes contextos digitais como hipertextos, links, sites, blogs, vídeos e imagens.
Nesse propósito, é de suma importância citar planejamento e formação continuada, fatores que habilitam a equipe de docentes e coordenadores em organizar as ações participativas e colaborativas que o projeto exige. Para um bom andamento, é preciso todo um preparo do espaço físico, intelectual e social para saber avaliar e trabalhar o programa e suas metodologias no cotidiano escolar. Professores, gestores e alunos necessitam estar em constante formação para atualizar-se com a realidade.



Palavras chave: Programa UCA, Mídias, Novas Tecnologias, Hipertexto.

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

TECNOLOGIAS ACESSÍVEIS NA EDUCAÇÃO ESPECIAL


Ao trabalhar com  alunos especiais em classes regulares, nem sempre sabemos de que maneira iremos conduzir o processo de ensino/aprendizagem.
As instituições educativas geralmente possuem preocupação em ajustar os espaços físicos, importantes para a permanência e locomoção do educando, mas também se deve preocupa-se com assuntos pedagógicos que envolva os alunos no processo de construção do conhecimento.
Para que esta meta seja alcançada, aponta-se como alternativa as tecnologias digitais acessível, elas trazem enumeras possibilidade de uso com o aluno especial, entre muitos existentes aqui iremos falar do editor de áudio livre Audacity.
O Audacity é um editor de áudio livre, considerado de fácil manuseio compatível com Linux e Windows. Este editor de áudio incentiva agravar, reproduzir,importar e exportar som e voz para ser gravado em MP3 ou de em outros formatos.
O editor desafia os educadores explorar as produções audiofônicas com seus alunos  com limitações visuais principalmente no objetivo de melhora dicção, oralidade  e adição, porém nada impede do software  ser usado por todos que freqüentam a instituição.

Observe a interface do editor de áudio:


Interface do audacity




Na figura perceba que o editor trabalha com uma única interface nela encontramos:
A)     Barra de Menus
B)      Barra de ferramentas
C)      Ferramentas de mouse.
Caro Professor, para conhecer mais acesso o vídeo.



Bom trabalho a todos!

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Adolescentes:Construindo Saberes!

Atividades desenvolvidas pelos alunos da Escola de Educação Básica   São Tiago de Santiago do Sul- SC, pertencente a 32ª GERED - Quilombo- SC. Organizou-se uma série de atividades pedagógicas em parceria com o professor  titular da disciplina de Inglês. Entre elas o  uso como recurso pedagógico as mídias e multimídias,(computador,internet ,software Dosvox, Dacher e a máquina  de fotografar digital). Uma alternativa possível de inclusão social dos educandos.